Terça, 30 de Novembro de 2021
(45) 99938-0102
AGRONEGÓCIO AVICULTURA

Mesmo com desafios, Copacol pagará complementação a avicultores

Com qualidade exemplar e preços acessíveis, a carne de frango teve grande preferência dos consumidores, frente a outras proteínas animais mais caras.

10/11/2021 12h09
462
Por: José Monteiro Fonte: ASSESSORIA
Mesmo com desafios, Copacol pagará complementação a avicultores

Com crescimento do consumo nos mercados interno e externo, a avicultura manteve equilíbrio em relação aos custos de produção de todo o processo no primeiro semestre do ano. Com qualidade exemplar e preços acessíveis, a carne de frango teve grande preferência dos consumidores, frente outras proteínas animais mais caras. Embora tenha atingido um resultado estável na comercialização, o setor enfrentou grandes desafios dentro dos aviários, exigindo empenho técnico e participação dos avicultores.

Com uma produção anual superior a 476 mil toneladas de carne (200 milhões de aves abatidas), a Copacol apresentou um balanço das operações de janeiro a junho de 2021 aos 788 cooperados, que administram 1.258 aviários na área de atuação da Cooperativa. Faltando pouco menos de dois meses para encerrar o ano, a empresa pretende alcançar as metas, mesmo em um cenário complexo que atingiu o setor em todo o Estado, maior produtor de carne de frango no Brasil (em 2020 a produção foi de 4,49 milhões de toneladas, 33,4% das 13,7 milhões de toneladas em todo o País).

As oscilações de temperaturas reduziram o desempenho da atividade, comprometendo os índices, gerando uma elevação no quadro de mortalidade de aves nas fases intermediária e final. “O frio extremo, abaixo dos 5ºC, durante o inverno, dificultou o desempenho da atividade. Além disso, o clima seco agravou a concentração de poeira, gases e outras sujidades. Para reverter o quadro intensificamos ações para melhorar o conforto das aves por meio do manejo: utilização de medicações, nebulização e reforço do protocolo vacinal foram determinantes”, afirma Douglas Silva, gerente da Integração Aves.

PESQUISA
Além do serviço a campo, a Cooperativa mantém pesquisas, com apoio de empresas genéticas, para verificar a evolução do desempenho das aves frente a essas intempéries. Além de amostras encaminhadas a laboratórios brasileiros, americanos e europeus, por meio de um trabalho integrado, a Cooperativa realiza consultorias com o propósito de fortalecer a atividade e evitar perdas nos aviários e na indústria. “Passamos por momentos desafiadores, que exigiram de todos uma vigilância maior na integração da avicultura. Nossa equipe técnica teve uma grande atenção para mantermos a produção, garantirmos ambiência das aves, melhorando os índices zootécnicos. Estamos superando essas dificuldades”, afirma Irineu Dantes Peron, superintendente das Integrações.

COMPLEMENTAÇÕES
Mesmo com a elevação dos custos de produção gerada pela falta da matéria-prima para alimentação das aves, reflexos da pandemia da Covid-19 e quedas nos desempenhos devido condições climáticas, o diretor-presidente da Copacol, Valter Pitol, assegurou que há expectativa para o pagamento de complementação aos avicultores integrados. “A complementação é feita historicamente pela Cooperativa. Com o resultado de novembro e a previsão de dezembro vamos ter um parâmetro de valores. Atuaremos dentro da nossa realidade repassando o que é justo a todos. Esses dois meses finais são desafiadores. Precisamos melhorar os índices e também aguardar a resposta do mercado, que pode ter efeitos gerados pelo aumento da oferta de outras proteínas animais. Se tivermos estabilidade vamos assegurar melhores resultados”, afirma Pitol.

LIVE
A avaliação de mercado foi apresentada durante reunião semestral da avicultura em live realizada nesta quinta-feira, no Canal no Youtube Copacol Agro, com uma atualização da Integração de Aves, feita pelo gerente Douglas Silva. O médico veterinário Renato Paiola apresentou técnicas de manejo de alimentação de frango de corte e o gerente de Operações de Entrada, Marcos Pauvels, também participou falando sobre o processo de recolha de aves.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Cafelândia é um município brasileiro localizado na Região Metropolitana de Cascavel, Mesorregião Oeste do estado do Paraná. A população estimada em 2019 era de 18 120 habitantes. Wikipédia Área: 271.724 km² População total (estimativa IBGE/2019): 18 120 hab Municípios limítrofes: Nova Aurora, Cascavel, Corbélia, Tupãssi PIB (IBGE/2008): R$ 377 893,575 mil PIB per capita (IBGE/2008): R$ 68 991 Região metropolitana: Cascavel
Cafelândia - PR
Atualizado às 21h42 - Fonte: Climatempo
20°
Poucas nuvens

Mín. 13° Máx. 29°

20° Sensação
12.6 km/h Vento
49.7% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (01/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 31°

Sol com algumas nuvens
Quinta (02/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 33°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias