Aulas no sistema híbrido para educação infantil retornam na segunda, 26, em Cafelândia

O município de Cafelândia publicou nesta sexta-feira (23) o Decreto 071/ 2021 que autoriza o retorno das aulas em sistema híbrido nas Escolas Municipais, etapa Pré Escola e nos Centros de Educação Infantil – CMEIS, para crianças de dois, três e quatro anos. De acordo com o novo Decreto, assinado e publicado pelo prefeito Culestino Kiara, “fica autorizado a retomada das aulas presenciais, em formato híbrido, a partir de segunda-feira (26/04) para os alunos das Escolas Municipais, etapa pré escola e Centros de Educação Infantil. A decisão está amparada ainda na Ata do Centro de Operações Emergenciais – COE que aprovou a decisão da retomada das aulas no município.


De acordo com a secretária de Educação e Cultura, professora Rozane Pitol, o sistema híbrido, foi adotado por muitos pais cafelandenses e possibilita a permanência presencial da criança uma semana e na semana seguinte que a criança possa acompanhar de casa, de forma remota às aulas. “Já retornamos essa semana com as crianças com mais de cinco anos e agora estaremos retomando nos Cmeis e Pré Escola com crianças de 02, 03 e 04 anos. Quero assegurar os pais que o Protocolo de Biossegurança, está sendo seguindo em todas às escolas e temos a plena convicção que estamos conseguindo atender todas às crianças. Peço aos pais que confiem em nós professores. Nós sabemos o quanto é importante essa retomada e todos os cuidados estão sendo tomados. Claro, os pais que preferirem manter os filhos em casa, estarão sim recebendo o material para às aulas remota ”, destacou a secretária de Educação e Cultura, professora Rozane Pitol.
Para o prefeito de Cafelândia, Culestino Kiara, o município já retornou com crianças maiores de cinco anos e agora estamos abrindo para dois, três e quatro anos, claro, para os pais que concordarem. “Nossas vidas estão retornando aos poucos, com calma, cautela e muita responsabilidade. Pedimos aos pais que, os que estão seguros, mandem seus filhos, nossas escolas e Cmeis estão preparados para recebê-los”.

Transporte
Em relação ao transporte escolar o mesmo continuará sendo feito apenas para os estudantes que residem na área rural. “Estaremos priorizando os alunos da zona rural, devido ao distanciamento mínimo que precisaremos manter entre os passageiros e esses residirem mais longe. Pedimos aos pais que nesse momento, aqueles que conseguirem levar seus filhos da casa para a escola, os que residem na cidade, que assim façam”, observou a secretária.

Read Previous

Secretaria de Agricultura de Cafelândia está fazendo agendamento para emissão de nota do produtor

Read Next

Goioerense Edina Alves é selecionada para ser juíza do Brasil na Olimpíada de Tóquio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Most Popular

Siga no Instagram