Assis Chateuabriand tem garantia de investimento em casas populares pela Cohapar

O prefeito de Assis Chateaubriand Valter Aparecido Souza Correia, Valtinho, recebeu em seu gabinete, o secretário de Administração e Previdência, deputado estadual, Marcel Micheletto, a chefe Regional da Cohapar- Companhia de Habitação do Paraná de Cascavel, Lucilei Marchiori, João Luiz Ventorin da Silva – engenheiro e Keila Fernandes – Assistente Social. A reunião é fruto da solicitação feita pelo prefeito Valtinho a Micheletto durante sua última viagem à Capital do Estado. Na oportunidade, a equipe da Cohapar veio para atender um pedido do município na questão de unidades habitacionais, o qual está em fase de expansão.Um dos assuntos foi sobre a solicitação do prefeito Valtinho, quando esteve na capital do Estado, com relação ao condomínio do Idoso.

O município está em busca de um local apropriado com 10.000 metros, para atender a necessidade de espaço para a construção de um condomínio fechado que atenderá a população idosa do município que seriam as pessoas de 60 ou 60 anos. Um dos requisitos é que somente duas pessoas possam morar no local, sendo casal ou o idoso sozinho. Para cada espaço com imóveis com 40 metros e pagariam um aluguel social de até 15% do salário mínimo. O prefeito Valtinho, destaca que tudo isso é fruto dos pedidos feitos após a viagem à capital do estado. “Está começando a se concretizar os pedidos feitos em nossa viagem a Curitiba. Com o apoio do Secretário de Administração e previdência, deputado estadual Marcel Micheletto, fizemos vários pedidos na Cohapar e agora já existe a sinalização de iniciarmos os trâmites para a construção do Condomínio do Idoso e casas populares e vamos continuar lutando por mais, sempre pensando naqueles que mais necessitam”, salientou o prefeitoSegundo Lucilei Marchiori, os moradores do Condomínio do Idoso, contam com vários atrativos. “Neste espaço vai conter salão de centro de convivência, quiosque vai ter também atendimento psiquiátrico, atendimento social, atendimento de fisioterapia, enfermaria e o município será o gestor deste condomínio. Não é possível que outras pessoas que não sejam os idosos, residam no local.

Os contemplados são rotativos por se tratar de aluguel social a partir do momento que uma pessoa desocupar o imóvel por algum motivo, outra pessoa idoso ou casal ocupem o local”, destacou ela.Ainda de acordo com ela, a gestão será entre Cohapar e o município. Outro ponto discutido foi o Programa Casa Fácil da Cohapar Houve também a tratativa para a construção de até 1.200 unidades em áreas próximas à sede, para atendimento da população que ainda não tem casa. Outra questão foi a retomada do projeto que prevê a construção de 30 unidades habitacionais no distrito de Bragantina e outras 30 no Encantado do Oeste.Para o Secretário de Administração e Previdência, deputado estadual Marcel Micheletto, isso mostra que a parceria já deu e ainda dará muitos resultados.

“Tenho certeza absoluta que essa parceria vai continuar rendendo frutos. Tudo que estiver ao meu alcance estarei fazendo pelo município chateaubriandense, temos sim que oferecer moradias e nos prepararmos para o futuro, pois nossa cidade está no centro das atenções dos investidores, não somente pela Frimesa, mas por todas as obras no município”, destacou o secretário Micheletto.

Read Previous

Assis: auditório da Prefeitura será utilizado para vacinação e drive-thru contra a covid-19

Read Next

Governador decreta luto oficial de três dias em respeito aos 15 mil mortos pela Covid-19

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Most Popular

Siga no Instagram