Deputado Sergio Souza solicita à ministra Tereza Cristina prorrogação da semeadura do milho 2ª safra

O deputado federal Sergio Souza (MDB-PR), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, encaminhou ofício (confira o documento abaixo), nessa terça-feira, 2, à ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, solicitando a prorrogação, por 10 dias, dos períodos de semeadura do milho (2ª safra).

“A falta de chuvas nas principais regiões produtoras de grãos, entre setembro e meados de outubro do ano passado, provocou muitos prejuízos aos produtores rurais. A cultura da soja acabou sendo semeada tardiamente. Outros trabalhadores precisaram replantar suas lavouras em função da não germinação ou germinação irregular, causadas pela seca. A colheita tardia da soja e o atraso considerável na semeadura de milho segunda safra é um problema latente. O campo fica à mercê das mudanças climáticas repentinas, e precisamos tomar medidas para amenizar os impactos negativos causados por fenômenos aos quais os trabalhadores ficam ‘reféns’”, defendeu o presidente da FPA.

No documento encaminhado à ministra, Souza acrescenta que a redução do plantio do milho 2ª safra poderá trazer sérios impactos a toda a cadeia do Agronegócio, com risco de desabastecimento ao mercado de frangos, peixes, leite e suínos, por exemplo.

“Qualquer fator adicional de alta dos preços causará reflexos imediatos, inclusive ao consumidor final, nas prateleiras dos supermercados. Consumidor esse que já encontra carnes e derivados no varejo por valores elevados, isso, a propósito, desde os meados do ano passado”, informou o federal paranaense, que complementou: “Solicitamos, em condição excepcionalíssima, essa prorrogação por 10 dias de forma a assegurar que toda a área seja cultivada com as garantias da política agrícola”.

De acordo com o Departamento de Economia Rural do Estado do Paraná, o preço do milho cobrado atualmente é R$ 75, a saca de 60 quilos, e da soja R$ 155, a saca de 60 quilos. O Deral reforçou que a soja não deverá completar seu ciclo em tempo para o plantio do milho 2ª safra no prazo estabelecido pelo Zoneamento Agrícola de Risco Climático no Paraná. Até agora, menos de 10% da área da oleaginosa foi colhida, e somente 11% da área de milho da segunda safra foi semeada.

Read Previous

Como posso denunciar festa, aglomeração ou evento clandestino?

Read Next

Secretaria de Cafelândia emite o vacinômetro atualizado; confira

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Most Popular

Siga no Instagram